Seu negócio

Pitch deck: como atrair a atenção de investidores 

Saiba o que é pitch deck, entenda a importância dele para conseguir investidores e saiba como estruturar um modelo imbatível

Neste artigo, vamos mostrar a fórmula para criar um pitch deck completo sobre o seu projeto. Também vamos ensinar você a estruturar a sua apresentação para impressionar seus potenciais investidores e arrecadar fundos para a sua startup. 

Eu sou o Leo, analista de inovação da HypeFlame, que é a empresa de tecnologia do Agi. Durante 12 semanas, vou escrever conteúdos sobre como desenvolver uma startup. Esse texto é o décimo da série. Para ver tudo o que já publicamos sobre o assunto, é só clicar neste link

O que é um pitch deck? 

pitch deck é uma apresentação que fornece uma visão geral breve, mas informativa, do seu negócio. Ele deve cobrir os pontos-chave do seu plano de negócios, mostrar os produtos e serviços que você fornece, projeções financeiras de alto nível e indicar as necessidades de financiamento.  

Se você está arrecadando dinheiro para o seu negócio, ter um pitch deck impressionante é um componente-chave no seu kit de ferramentas para conquistar investidores. Ele deve funcionar como um documento visual, mas é principalmente uma ferramenta para ajudar a contar a história do seu negócio. 

Para que serve um pitch deck

Ao contrário do que parece, o objetivo do seu deck não é arrecadar dinheiro, mas chegar à próxima reunião. Investimentos raramente são feitos após uma única reunião, então seu pitch deve servir despertar interesse pela sua empresa. 

Lembre-se, seu pitch deck e a apresentação do seu pitch são provavelmente algumas das primeiras coisas que um investidor verá sobre sua empresa. E você quer que ele peça mais informações depois disso. Portanto, um deck sólido é fundamental para chegar ao próximo passo na sua busca por investimento. 

O que incluir no pitch deck? 

Embora cada negócio seja diferente, há um formato funciona para a maioria das empresas. Inclui 11 pontos a serem abordados que vou detalhar a seguir.  

1. Visão e proposta de valor 

Em uma frase, dê a visão do seu negócio e o que oferece aos seus clientes em termos de valor. Uma ótima maneira de pensar sobre esse slide é imaginar ele como um tweet curto: descreva seu negócio em 140 caracteres ou menos, de uma forma que seus pais entenderiam. 

É comum que empresas de tecnologia façam sua proposta de valor uma comparação com outra empresa conhecida. Por exemplo, você vê muitas coisas como: “Nós somos o Uber para animais de estimação” ou “Nós somos o Netflix para videogames”.  

Isso pode funcionar, mas tenha cuidado para garantir que sua comparação faça sentido, e que você não está apenas usando uma empresa que é referência em um segmento para tentar mostrar seu potencial de crescimento. Pense que seu modelo de negócio tem que oferecer um valor realmente semelhante à empresa que você está se referindo. 

2. O problema 

Se você não está resolvendo algum problema, você vai ter uma longa estrada com o seu negócio. Use este slide para falar sobre isso.  

Idealmente, tente contar uma história para exemplificar o que você quer dizer quando for definir o problema que você quer resolver. Quanto mais torná-lo tangível, mais seus investidores entenderão seu negócio e seus objetivos. 

Você pode mencionar as soluções que já existem no mercado, mas não gaste muito tempo no cenário competitivo neste slide, pois você terá a chance de fazer isso mais tarde.  

3. Mercado-alvo e oportunidades 

Use este slide para mostrar quem é o seu cliente ideal e quantos deles existem. Qual é o tamanho do mercado e como você posiciona sua empresa? Se você tiver dados, os investidores também vão querer saber quanto as pessoas ou empresas gastam atualmente nesse mercado. 

É aqui que você fala sobre o escopo e a escala do problema que está resolvendo. Se faz sentido para o seu negócio, você talvez você divida seu mercado em segmentos que podem receber diferentes tipos de ofertas de produtos. 

Porém, tenha cuidado com esse slide. 

É tentador tentar projetar o maior mercado possível. Mas o que interessa aos investidores é que você tenha um escopo bem delimitado e acessível. Quanto mais específico você for, mais realista será seu tom. 

4. A solução 

Finalmente, você começa a mergulhar na descrição do seu produto ou serviço. Descreva como os clientes usam seu produto e como ele soluciona os problemas que você esboçou no slide dois.  

Pode ser que você queira mover este slide mais perto do início do seu deck, mas tente resistir à tentação. Foque em apresentar uma narrativa clássica, apresentando primeiro o problema e mostrando como ele afeta as pessoas. Só então seu produto ou serviço virá para ajudar a resolver esse problema.  

A maioria dos empreendedores está muito focada em seus produtos quando, em vez disso, eles precisam estar focados em seus clientes e nos problemas que esses clientes enfrentam. Tente manter seu deck de campo com esse formato e você vai contar uma história melhor.  

Se possível, use fotos e histórias quando descrever sua solução. Mostrar é quase sempre melhor do que contar. 

5. Modelo de receita ou modelo de negócio 

Agora que você descreveu seu produto ou serviço, você precisa falar sobre como isso dá dinheiro. Quanto você cobra e quem paga as contas?  

Para algumas empresas (sites de conteúdo, por exemplo), quem paga as contas são os anunciantes não os usuários. Por isso é importante revelar os detalhes aqui.  

Você também pode referenciar o cenário competitivo e discutir como seus preços se encaixam no mercado. Seu produto é premium, de alto preço, ou uma oferta mais atrativa em relação à concorrência? 

6. Tração e validação/roteiro 

Se você já tem vendas ou usuários do seu produto, fale sobre isso aqui. Os investidores querem ver que você provou algum aspecto do seu modelo de negócio, pois qualquer mostra que você tem quem valide que sua solução funciona. 

Você também pode usar este slide para falar sobre seus marcos. Quais grandes metas você alcançou até agora e quais são os próximos passos que você planeja dar? Um roteiro de produto ou empresa é útil aqui. 

7. Estratégia de marketing e vendas 

Como você está planejando chamar a atenção dos clientes? Use este slide para delinear seu plano de marketing e vendas.  

Encontrar e conquistar clientes às vezes pode ser o maior desafio para uma startup. Por isso, é importante mostrar que você tem uma compreensão sólida de como você alcançará seu mercado-alvo e quais canais de vendas você planeja usar. 

Detalhe as principais táticas que pretende usar para colocar seu produto na frente de potenciais clientes. Se o seu processo de marketing e vendas é diferente dos seus concorrentes, é importante destacar isso aqui. 

8. Equipe 

Por que você e sua equipe são as pessoas certas para construir e desenvolver a sua empresa? Que experiência você tem que os outros não têm?  

Destaque os principais membros da equipe, fala sobre os seus sucessos em outras empresas e traga sua principal experiência para a mesa. Se você ainda não tem uma equipe completa, diga  as principais posições que você precisa preencher e explique porque são fundamentais para o crescimento da empresa. 

9. Finanças 

Os investidores esperam ver suas finanças, então mostre a eles a previsão de vendas, seus resultados e uma projeção do fluxo de caixa para pelo menos três anos. Mas seja simples.  

Para o seu deck, você não deve ter planilhas aprofundadas que serão difíceis de ler e consumir em um formato de apresentação. Limite-se a gráficos que mostram vendas, clientes, despesas totais e lucros.  

Você deve estar preparado para discutir as suposições subjacentes que você fez para chegar às suas metas de vendas e quais são seus principais drivers de despesas. 

Mas, para isso, tente ser realista. Se possível, faça sua projeção de crescimento com base na tração que você já tem, ou comparado a uma empresa semelhante em uma indústria relacionada. 

10. Concorrência

Todo negócio tem concorrência. Mesmo que você esteja abrindo um mercado totalmente novo, seus potenciais clientes estão usando soluções alternativas para resolver seus problemas atuais.  

Descreva como você se encaixa no cenário competitivo, e como você é diferente dos concorrentes e alternativas que estão no mercado. Quais vantagens você tem sobre eles? Há algum “molho secreto” que você tem e outros não? A chave aqui é explicar por que os clientes vão escolher você. 

11. Investimento e uso dos recursos

Finalmente, é hora de pedir o dinheiro. É por isso que você está fazendo este pitch deck, certo? Eu sei, eu disse que este deck não é realmente sobre ser financiado. Isso ainda é verdade, mas seus potenciais investidores precisam saber quanto dinheiro você está buscando.  

Mais importante, você precisa ser capaz de explicar por que você precisa da quantidade de dinheiro que você está pedindo e como você planeja usá-lo. Os investidores vão querer saber como isso vai ajudar você a alcançar os objetivos que estabeleceu para o seu negócio.  

Se você já tem alguns investidores a bordo, agora é hora de falar sobre eles. Conte por que eles escolheram investir em você. 

Outros slides que você pode incluir no seu pitch

Às vezes você pode precisar ou querer incluir alguns slides extras que ajudam a explicar o seu negócio. Você provavelmente não vai mostrá-los, mas pode ser um grande recurso para os investidores revisarem após a apresentação. 

Aqui estão alguns slides adicionais que podem ser úteis em apresentações para investidores: 

Estratégia 

Se você está levantando dinheiro dos investidores, você vai ter de explicar como você planeja dar retorno a eles. Você pode fazer isso na forma de um slide de “estratégia de saída”, descrevendo como seus potenciais investidores (ou até compradores) podem se beneficiar se a sua empresa crescer.   

Ter um IPO e ir a público é uma opção viável para startups de alto crescimento, enquanto outras podem ser compradas por grandes players do mercado. 

Parcerias 

Algumas empresas têm parcerias estratégicas que são fundamentais para o seu sucesso. Isso pode ocorrer, por exemplo, na forma de licenciamento de propriedade intelectual de uma universidade ou um parceiro de distribuição. Se o seu sucesso depende dessas parcerias, é importante mostrá-las. 

Demonstração e capturas de tela 

Se você tem um protótipo do seu produto, capturas de tela do seu serviço online ou qualquer outra oportunidade de “mostrar e contar” são ótimas para um slide. Assim você pode demonstrar com maior clareza aos seus potenciais investidores como seu produto funciona e o que ele faz. 

Pense além do pitch

Relembrando: manter seu pitch deck o mais curto e sucinto possível é fundamental. Lembre-se que seu objetivo não é fornecer aos investidores todas as informações que eles precisam para tomar uma decisão. Você quer contar uma história, criar emoção, gerar interesse e conseguir uma nova reunião.  

Por isso, além do seu deck de largada, você deve ter informações mais detalhadas e adicionais que você pode fornecer se solicitado. Preparar esses documentos adicionais também evita que você tente preencher sua apresentação com informações em excesso. 

Agora é pôr em prática o que você acabou de ler e seguir acompanhando os últimos conteúdos da série.  

Por hoje, fico por aqui. 

Be epic, 

Leo. 

%d blogueiros gostam disto: