Suas finanças

Pix: o que você precisa saber sobre a novidade de pagamento instantâneo

Com um simples toque na tela do smartphone, você pode fazer compras, transferir dinheiro e pagar contas

Você já ouviu falar em Pix? Pois saiba que essa é uma ferramenta de pagamento instantâneo que veio para facilitar a vida dos brasileiros.

Já pensou se, com um simples toque na tela do smartphone, você pode fazer compras no comércio, transferir dinheiro para um amigo ou familiar e pagar contas como água, luz, telefone e até mesmo impostos? Esse é o futuro com Pix?

Quer saber mais sobre o assunto? Nesse texto vamos explicar para você como isso vai funcionar.

O que é o Pix?

O Pix é uma transferência eletrônica de dinheiro na qual o valor cai na conta do beneficiário imediatamente após a transação financeira, independente do horário ou dia da semana. Muito bom, né?

Aliás, uma das grandes vantagens é justamente transferir dinheiro e até pagar contas a qualquer hora, sete dias por semana e em qualquer dia do ano, incluindo finais de semana e feriados. Mas os benefícios desse meio de pagamento não param por aí.

Ele permite substituir pagamentos em dinheiro, cheque, cartão de débito e crédito. Ou seja, simplifica a experiência de compra, diminuindo as etapas para. Isso traz comodidade e segurança tanto para quem paga quanto para quem recebe.

Como usar o Pix

Para usufruir das facilidades dessa novidade, bastará você acessar o aplicativo do seu banco e escolher a opção Pix na hora de selecionar o tipo de pagamento desejado.

Basta um código QR ou confirmação do número de celular, CPF ou e-mail para concluir a transferência. Muito fácil, né? E o melhor: a confirmação do pagamento vem em poucos segundos.

E para os clientes do Agibank?

Lembra que os correntistas do Agibank foram os primeiros a ter número do telefone como conta corrente e a fazer pagamentos e transferências para contatos do celular via QR Code? Com o Pix não será diferente. Em breve, os clientes Agibank poderão usufruir de todos os benefícios da nova modalidade de pagamentos que o Banco Central irá disponibilizar ao mercado financeiro.

%d blogueiros gostam disto: