Sua carreira

Hackathon: o que é e como funciona esse tipo de evento 

Entenda o que é, como funciona, quanto tempo dura e quais as vantagens de um hackathon, e saiba como participar

Você já ouviu falar em hackathon? Pois saiba que essa palavra em inglês que surgiu na área de tecnologia está cada vez mais comum em diversos setores.  

Isso porque a lógica do hackathon é promover um evento para resolver um problema. Em geral é um desafio em que os participantes trabalham quase sem parar por horas a fio, e alguém leva a melhor no final.  

Quer saber mais sobre o assunto? Siga no texto que vamos explicar o que é e como funciona esse evento.  

O que é um hackathon 

O termo hackathon é uma junção de duas palavras em inglês: “hack”, que, nesse caso, quer dizer programar, e “marathon”, que é maratona. Ou seja, é uma maratona de programação ou maratona de desenvolvimento.  

Pelo menos foi assim que começou, lá no fim dos anos 1990. Nessa época, começaram a surgir eventos com esse nome que reuniam profissionais da área da tecnologia para desenvolver um novo software ou solucionar um problema de programação no menor tempo possível. 

Mas, com o passar dos anos, empresas de vários setores começaram a usar essa estrutura para resolver problemas de diferentes áreas. A lógica é mais ou menos a mesma: reunir diversos profissionais e dividi-los em grupo para trabalharem na busca de uma solução efetiva em pouco tempo.  

Como funciona um hackathon  

Geralmente, um hackathon é um evento presencial que reúne profissionais de diferentes áreas. Ele costuma ocorrer em empresas ou espaços de inovação. Mas, com a pandemia de covid-19, muitas edições foram feitas a distância, em salas virtuais.  

Os participantes são divididos em equipes e recebem orientações sobre o problema que devem solucionar. Pode ser a criação de um produto ou serviço, ou somente um projeto para melhorar algum processo ou fluxo interno de uma empresa, por exemplo.  

Ao final do hackathon, as esquipes apresentam suas soluções. A melhor recebe uma recompensa, geralmente em dinheiro, e pode ter sua proposta adotada pela empresa que promoveu o evento.  

Para que serve uma maratona de desenvolvimento

O objetivo de um hackathon é, necessariamente, resolver um problema. Pode ser desenvolver um app ou só propor algum projeto para melhorar um processo interno de uma empresa, por exemplo.  

O desafio aqui é fazer isso dentro do tempo do evento. Ou seja, essa alternativa pode não ser a melhor para problemas muito complexos, que exijam ações de longo prazo.   

Quem pode participar

Como nasceram na área da tecnologia, os hackathons reuniam, principalmente profissionais como programadores, desenvolvedores e designers. Mas como a gente já contou para você, hoje muitas outras áreas promovem hackathons, então a seleção de participantes depende do tipo de desafio.  

As equipes são sempre mistas. Ou seja, cada uma tem, por exemplo, um programador, um desenvolvedor, um designer e assim por diante. Esses times podem ser formados previamente ou no dia do evento.  

Quando o hackathon é promovido por uma empresa, é provável que as equipes contem ainda com um mentor de dentro da companhia. Essa pessoa irá fornecer informações internas que podem ajudar no trabalho. Ela também vai orientar e fazer provocações para que o time desenvolva sua ideia da melhor forma possível.

Quanto tempo dura um hackathon  

O hackathon, por natureza, é focado no desenvolvimento de soluções rápidas. Daí vem a parte “maratona” do nome.  

Mas não existe uma duração específica. Muitos eventos desse tipo levam entre 24 e 48 horas, com os times trabalhando dia e noite. Mas há edições um pouco mais longas, que chegam até a uma semana, com intervalos definidos pela equipe. 

Aqui, novamente, vai depender do problema a ser resolvido. E também do formato do evento, já que realizar esse trabalho de forma presencial ou virtual pode afetar no tempo que os grupos vão precisar para conseguir concluir a tarefa.  

Quais as vantagens de uma maratona de desenvolvimento 

A principal vantagem de um hackathon é conseguir acelerar a resolução de um problema, já que soluções que poderiam levar meses para serem desenvolvidas dentro de uma empresa resolvem em poucos dias. 

Para quem participa, o principal ganho é a troca de conhecimentos. Já quem é estudante ou está no começo da carreira pode se beneficiar do hackathon ampliando sua rede de contatos de olho em oportunidades futuras.  

Como participar de um hackathon 

Se você é da área da tecnologia, provavelmente, terá muitas oportunidades de participar de um hackathon. Diversas empresas de grande porte, como o Google, promovem esse tipo de evento de tempos em tempos.  

Já se você atua em outro segmento, pode ficar de olho em oportunidades divulgadas por associações e empresas voltados para inovação. Muitas vezes elas abrem inscrições para pessoas de fora participarem de hackahons internos.  

Outra forma de participar de um evento assim é estagiando no Agi. Em 2021, o Programa de Estágio vai selecionar estudantes de graduação de diferentes áreas do conhecimento que queiram liderar as suas próprias carreiras.  

Ao final de um ano, esse grupo irá participar de um hackathon para colocar em prática o que aprendeu durante o estágio. Muito bom, né? As inscrições vão até 3 de novembro, e você pode fazer a sua clicando neste link.  

Quer saber mais sobre o Programa de Estágio do Agi? A gente explicou tudo sobre ele aqui no blog. Para ler o conteúdo, é só clicar aqui.  

%d blogueiros gostam disto: