Suas finanças

Conta remunerada é investimento?  

Será que conta remunerada é investimento? Entenda e saiba como tirar proveito dessa modalidade para fazer o seu dinheiro render

Se o seu banco oferece essa opção, você pode ter se perguntado: afinal, conta remunerada é investimento? Neste texto, nós vamos esclarecer tudo sobre esse assunto.  

Mas, para começar, vamos adiantar uma resposta: tecnicamente, a conta remunerada não é considerada um investimento. Por outro lado, seu funcionamento só é possível por que o banco investe por você.  

Achou complicado? Siga por aqui que logo você vai entender.  

O que é uma conta remunerada 

A conta remunerada é um tipo de conta corrente. Só que, diferentemente das contas convencionais, o seu dinheiro rende enquanto está lá. 

Aqui você pode achar que ela é, então, como uma conta poupança. Mas elas são bem diferentes. Primeiro, porque a conta remunerada rende mais do que a caderneta.  

Em segundo lugar porque o rendimento da conta remunerada é diário, e não apenas na data do aniversário, como na poupança. A gente explica isso e mais sobre esse assunto neste link.  

Qual a diferença entre conta remunerada e investimentos? 

Diferentemente dos investimentos, a conta remunerada não tem uma data específica para você resgatar o seu dinheiro. Ele pode ser movimentado a qualquer hora, sem que ninguém precise autorizar isso para você.  

Você também não precisa contratar uma corretora, por exemplo, para ter esse rendimento. Basta ter uma conta em um banco que ofereça essa modalidade, como o Agi. Para saber como abrir uma conta remunerada em apenas alguns passos, é só clicar aqui.  

Apesar de não ser considerada um investimento, a conta remunerada está atrelada a um. Isso porque o banco usa o saldo para investir em títulos como o RDB e o CDB. Depois, devolve para você os juros que ganhou.  

A diferença, nesse caso, é que ela tende a render menos do que aplicações em que você deixa seu dinheiro por um prazo mais longo. Mas, se você tiver um pouco de disciplina para movimentar valores, ela pode servir, por exemplo, para a sua reserva de emergência.  

Use a conta para a sua reserva de emergência  

A reserva de emergência é aquele valor que você deve guardar para conseguir se manter quando acontecer algum imprevisto, como perder o emprego, por exemplo. A gente já falou sobre esse assunto aqui no blog, e você pode acessar o conteúdo neste link.  

É importante que esse dinheiro seja aplicado por um motivo simples: parado em uma conta sem rendimento, ele desvaloriza, e você perde o seu poder de compra. Mas também é bom que ele esteja em um investimento que você possa resgatar com facilidade quando ocorrer alguma urgência.  

Nesse caso, a conta remunerada pode ser uma opção vantajosa, já que o seu dinheiro fica rendendo enquanto está lá, e pode ser movimentado sem nenhum tipo de burocracia. O importante, nesse caso, é ter disciplina: defina um percentual dos seus ganhos para deixar na conta todo mês, e procure não mexer nesse dinheiro sem necessidade.  

Conta remunerada tem tarifa? 

A conta remunerada é um benefício conta corrente, que pode ter ou não tarifas. A do Agi é gratuita, por exemplo.  

Mas, assim como qualquer aplicação, movimentar o seu dinheiro implica o pagamento de taxas como o Imposto de Renda e, eventualmente, o IOF. A boa notícia é que esses valores incidem só sobre o rendimento, e não sobre o seu saldo inicial.  

E, quanto mais tempo você deixa o seu dinheiro na conta, ou quanto menos mexe nele, mais ele rende e menos taxas você paga. Por isso, é sempre melhor você deixar algum saldo na conta.

Agora, se o seu dinheiro não chega até o fim do mês, tenha calma. A gente explicou aqui no blog como cortar gastos e fazer um planejamento financeiro. Você pode ler tudo clicando aqui.

%d blogueiros gostam disto: